Agricultura

Terça-feira, 12 de Junho de 2018, 11:16

Tamanho do texto A - A+

CONAB

Mesmo 1,6% menor, Safra 2017/2018 em Mato Grosso ainda é recorde com 60,9 mi/t

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

soja

 

A produção de grãos em Mato Grosso na safra 2017/2018 deverá ser de 60,964 milhões de toneladas. O volume é 1,6% inferior as 61,986 milhões de toneladas colhidas no ciclo passado. Entretanto, ainda é recorde ao se comparar com a safra 2015/2016 quando 43,425 milhões de toneladas foram colhidas e s 51,718 milhões de toneladas do ciclo 2014/2015.

Os números constam no acompanhamento de safra divulgado nesta terça-feira, 12 de junho, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). Conforme o levantamento, em termos de área plantada a soma atinge a marca de 15,335 milhões de hectares, um aumento de 1,4%. Quanto à produtividade as projeções apontam decréscimo de 3%.

A Conab aponta para a cultura do algodão um aumento de 26,1% na produção, um salto de 2,528 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2016/2017 para 3,189 milhões na atual safra. Deste volume 1,275 milhão de toneladas são algodão em pluma e 1,913 milhão em caroço de algodão.

Em arroz a projeção é de 469,3 mil toneladas, 11,5% a menos que a safra passada. Para o feijão a perspectiva, somando as três safras, são de 390,8 mil toneladas. Em girassol são previstas 91,8 mil toneladas.

No milho segunda safra em Mato Grosso a projeção aponta um ciclo de 25,933 milhões de toneladas, 9,4% a menos que o colhido anteriormente. Já a soja foi fixada em 31,877 milhões de toneladas, 4,5% acima das 30,513 milhões colhidas na safra 2016/2017.

Brasil

A produção de grãos no Brasil está estimada em 229,7 milhões de toneladas, 3,4% a menos que as 237,7 milhões de toneladas colhidas na safra passada. Entretanto, a Conab pontua ser uma produção histórica, visto ainda estar acima da média de produção nacional, levando-se em conta um período de condições atmosféricas normais.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei