Agronegócio

Segunda-feira, 09 de Julho de 2018, 16:37

Tamanho do texto A - A+

NO AGROMT

Guerras comerciais no mercado externo podem trazer prejuízos ao Brasil, afirma Maggi

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

AgroMT

 

O Brasil tem incomodado e muito o mercado externo. De importador o país passou a ser o 4º maior produtor de alimentos e o 2º maior exportador do mundo, o que acaba gerando competitividade e restrições de mercado por parte de alguns países que não conseguem acompanhar o Brasil seja em termos de produção, qualidade ou preço. Na avaliação do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, guerras comerciais, como a vivida entre os Estados Unidos e a China podem trazer prejuízos para o país verde e amarelo.

Maggi foi o conferencista desta segunda-feira, 09 de julho, na abertura da feira de negócios e tecnologia AgroMT em Cuiabá, que ocorre até o dia 12. O ministro da Agricultura destacou o Cenário Nacional Agronômico.

Segundo Maggi, o Brasil enquanto vinha conquistando alguns espaços, os concorrentes não deram muita importância para o país. “Mas, agora que nos tornamos grandes e competitivos, muito competitivos, é claro que a gente começa a incomodar aqueles que são nossos concorrentes e aí começam os posicionamentos contra o Brasil que a gente não entende o porquê. Mas, no fundo tudo é mercado comercial, tudo é negócio”.

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

AgroMT

 

Maggi afirmou durante sua conferência que os países que “brigam” com o Brasil se posicionam de modo que “se eu não posso competir contigo na qualidade, quantidade ou no preço eu vou tentar tirar você ou tirar parte desse mercado através de ações de ONGs que funcionam no mundo inteiro. Então, essa é uma das razões para o qual o Brasil tem sofrido muito nos últimos anos nesse mercado internacional”.

Para o ministro da Agricultura é preciso que o Brasil enfrente essas situações.

China X EUA

A guerra comercial entre a China e os Estados Unidos, de acordo com Blairo Maggi, não é benéfica para o Brasil como se pensa. “Pelo contrário. Ela é muito ruim e nos deixa sob ameaça de vários pontos que tem pela frente para vir. Na minha avaliação ela traz muitos problemas para o Brasil e para os produtores brasileiros. Quando falamos de atenção aos nossos negócios falamos isso. Nós crescemos muito, nós incomodados alguns mercados internacionais e por outro lado tem essa questão da guerra comercial e incomoda muito e poderá trazer grandes prejuízos para nós aqui no Brasil ou na América Latina como um todo”.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Preencha o formulário abaixo:

Leia mais sobre este assunto: