Comércio

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018, 08:51

Tamanho do texto A - A+

23 A 25 DE JANEIRO

Femoda-MT espera R$ 23 mi em negócios em Cuiabá

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Assessoria Femoda-MT

Femoda MT

Evento será realizado no Cenarium Rural e contará com mais de 250 marcas renomadas do mercado nacional e internacional da moda.

Vinte e três milhões de reais. Essa é a perspectiva de negócios a serem realizados durante os três dias da Feira de Calçados, Confecções e Acessórios de Mato Grosso (Femoda-MT) em Cuiabá. Entre os dias 23 e 25 de janeiro os lojistas mato-grossenses e de estados vizinhos poderão conferir as últimas tendências de mais de 250 marcas nacionais e internacionais como Raffer, Fegalli, Zebu, Nike, Azaléia, Puma, Guess, Molecada Infantil, Rosa Café, Olympikus, Ramarim, Picadyli, dentre outras.

A 5ª edição da Femoda-MT em 2018 está de endereço novo e será realizada no Cenarium Rural.

A Feira será realizada das 09h às 19h, entre os dias 23 e 25 de janeiro. A estimativa de público é de 1.500 pessoas.

Segundo os organizadores da Femoda-MT, o intuito do evento é oferecer aos lojistas de Mato Grosso e outros estados uma oportunidade para fazer negócios, bem como conferir as últimas tendências de moda e consumo.

O evento tem visitação gratuita ao público. Entretanto, os organizadores salientam que para comprar é necessário ser lojista e realizar cadastro gratuito no site da feira (www.femoda.com.br).

A Femoda-MT é realizada pela Associação dos Representantes Comerciais de Mato Grosso (Assorep-MT). Conforme o presidente da entidade, a mudança de local para a realização do evento visa permitir acesso prático e funcional de expositores, lojistas e visitantes por ser mais próximo do centro de Cuiabá.

"Todas essas questões agregam ainda mais valor ao evento que reúne as melhores marcas com conceito de moda do país e que nesta edição apresentarão as tendências da moda outono/inverno 2018", explica Silvio Landin.

A Femoda-MT já se tornou uma das feiras de negócios consolidadas de Mato Grosso. Em quatro edições a feira comercializou R$ 76 milhões.

As perspectivas para 2018 são positivas, conforme Landin, em especial, diante os resultados verificados na economia em 2017.

"Notícias favoráveis à retomada da economia, como a desaceleração da inflação, a queda dos juros do crédito, a liberação de recursos de contas inativas do FGTS que tivemos este ano, pagamento do 13º salário têm motivado as famílias a consumirem, e automaticamente influenciam os lojistas a renovarem os estoques e levar novidades para estes clientes", diz Landin.

 

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei