Energia

Sábado, 30 de Novembro de 2019, 07:49

Tamanho do texto A - A+

Energisa investe R$ 16 mi em obras na Avenida das Torres em Cuiabá

Por: Assessoria de Imprensa Energisa

Foto: Pantanal Filmes/Divulgação Energisa

Avenida das Torres

 

A Energisa Mato Grosso realiza melhorias na região da Avenida das Torres, em Cuiabá. A distribuidora de energia investiu cerca de R$ 14 milhões na energização da principal Linha de Distribuição de Alta Tensão da capital, que atende a subestação Barro Duro. Com a entrega da obra, a oferta de energia elétrica para milhares de moradores da capital será triplicada.. Além disso, mais de 600 pontos de iluminação pública da região serão trocados por lâmpadas de tecnologia LED, mais econômicas e sustentáveis.

Segundo o gerente da área de Planejamento e Orçamento da Energisa José Nelson Quadrado Junior, a linha, que terá 9,5 quilômetros de extensão e se interliga com a subestação de rede básica Coxipó Eletronorte, melhorará a qualidade e a confiabilidade do fornecimento de energia. Além de contribuir com a modernização da rede de distribuição e garantir infraestrutura para novos empreendimentos.

“A capacidade de potência da linha está sendo mais do que dobrada, (era de 60 MVA e está passando para 180 MVA), o que traz mais robustez ao sistema existente e diminuirá as probabilidades de interrupções de energia na cidade. Essa energização é fundamental para acompanhar o aumento da demanda de energia, conforme o crescimento da capital do Estado de Mato Grosso”, destaca José Nelson.

A entrega da linha de distribuição Coxipó - Barro Duro faz parte do pacote de investimentos que a Energisa realiza no Mato Grosso para aprimorar os serviços e contribuir com o crescimento econômico do Estado e do Centro-Oeste.

Já a troca de lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED na região da Avenida das Torres faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Energisa. Cerca de R$ 2 milhões serão investidos na melhoria da iluminação pública. Com a obra, a Prefeitura de Cuiabá economizará o suficiente para abastecer 1384 casas residenciais com consumo médio de 250 kilowatt mensais.

“O PEE é uma oportunidade para melhorar a eficientização da iluminação pública economizando e direcionando a economia alcançada para outras necessidades da população. Para os moradores, a iniciativa traz ganhos em segurança, pois uma rua iluminada oferece mais proteção para quem transita e mora nela”, afirma a analista de inovação da equipe de Eficiência Energética, Monique Gomes Pereira.

Ainda junto aos pontos modernizados, em 100 deles serão instalados “relés inteligentes”. O equipamento é capaz de monitorar diversos tipos de luminárias, realizar comandos remotos, dimerização de lâmpadas LED e o monitoramento de várias informações válidas para a cidade e seus habitantes.

“O dispositivo permite, ainda, a medição de grandezas elétricas por ponto de iluminação, tais como tensão, corrente e potência, fornecendo em consequência, informações de consumo, garantindo maior controle sobre as despesas com energia elétrica da prefeitura. Além disso, tais medições geram insumos para manutenções o que traz maior assertividade na identificação de falhas”, explica a analista de inovação da equipe de Eficiência Energética.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei