Empreendedorismo

Domingo, 29 de Setembro de 2019, 07:50

Tamanho do texto A - A+

empreendedorismo

Capacitação influencia na qualidade do produto e na rentabilidade do produtor

Por: Assessoria de Imprensa Senar-MT

Moradores da comunidade Campo Alegre de Cima, no município de Nossa Senhora do Livramento, o casal de produtores rurais, Gilce dos Santos Souza da Silva e Edivaldo Casarin da Silva mudou para uma casa melhor, trocou o carro por um mais novo e colocou internet na propriedade. “Toda essa mudança se deu em função do nosso aprendizado que refletiu na melhora da qualidade do que produzimos, no aumento das vendas e, consequentemente, na rentabilidade, o que possibilitou todas as melhorias que fizemos em nossa vida”, conta Gilce.

Produtores de leite, os dois fizeram vários treinamentos ofertados pelo Sindicato Rural de Nossa Senhora do Livramento em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Dentre eles, os de Produção de Derivado do Leite. “Com isso, aperfeiçoamos o queijo que já produzíamos e passamos a fazer outros subprodutos do leite. Isso agregou valor ao nosso produto de uma forma geral. Temos mais o que ofertar. Porém, mais que isso, os cursos do Senar-MT me abriram a mente. Agora enxergo mais longe. Vejo além do produto”.

Na opinião de Gilce, o ser humano nunca sabe o suficiente. “Sempre temos alguma coisa para aprender”. Entusiasmados com as mudanças, o casal quer continuar fazendo outros tipos de cursos. Gilce cita que antes só fazia o queijo simples, não tinha noção da quantidade dos produtos usados e nem sabia como calcular o custo de produção.

Edivaldo acrescenta que com o aprendizado até o sonho se expandiu. “Queremos crescer cada vez mais. Investimos em estrutura para ter um produto diferenciado e já tiramos 180 litros de leite por dia. Tudo é aproveitado. Sabemos o que fazer e como fazer para não ter desperdícios”.

A sugestão do presidente do Sindicato de Nossa Senhora do Livramento, Benedito Almeida e da mobilizadora Iracema de Oliveira Araújo é que eles participem do Negócio Certo Rural, ofertado pelo Sindicato em parceria com o Senar-MT. O presidente explica que é um programa modular que tem o objetivo de contribuir para melhoria da gestão da propriedade rural com foco no empreendedorismo.

Ele explica ainda que é um treinamento modular. Ao longo do curso os participantes fazem um um diagnóstico de sua propriedade e identifica novas ideias de negócio. “O conteúdo inclui assuntos como administração, formalização e legalização da propriedade, gestão e até um plano de negócios”.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei