Política

Quarta-feira, 15 de Janeiro de 2020, 08:17

Tamanho do texto A - A+

NOTA

Facmat pede respeito aos empresários de Mato Grosso

Por: Assessoria de Imprensa Facmat

Foto: Reprodução/Sinduscon-MT

Cuiaba

 

A Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat), que representa 54 Associações Comerciais e Empresariais no Estado e mais de 18 mil empresas de todos os segmentos econômicos, lamenta a declaração do governador Mauro Mendes incentivando a população a consumir produtos de outros estados, a partir da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a regulamentação da Lei Complementar nº 631/2019.

Os empresários geram emprego e renda e merecem respeito, sendo inadmissível um governo desestimular o consumo em Mato Grosso, principalmente quando o comerciante já sofre com a concorrência de estados vizinhos e com o comércio eletrônico.

Vale ressaltar que as Associações Comerciais e Empresariais do estado têm campanhas de lutas para incentivar o fortalecimento do comércio local, a fim de fomentar cada vez mais empregos e renda nos municípios, evitando o fechamento de empresas.

É um retrocesso para todo o setor produtivo estadual. Os empregos de Mato Grosso não podem ir embora.

Facmat e Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei